Pular para o conteúdo

Pneu Continental é bom? Confira a avaliação atualizada 2020!

Pesquisando uma avaliação da marca de pneu Continental? Confira esse artigo do Guia dos Pneus e saiba se o pneu Continental é bom para equipar o seu carro.

ANÚNCIOS

A fabricante de pneus Continental tem origem alemã, mais precisamente na cidade de Hanover, foi criada no ano de 1871, uma das mais antigas fabricantes de pneus do mercado.

Como a Continental também atua em outros setores, desde 1991 foi criado o grupo ContiTech, um dos maiores fabricantes do mundo no setor de borrachas.

No Brasil os pneus Continental são fabricados na sede da empresa na cidade de Ponta Grossa no Paraná.

ANÚNCIOS

Avaliação do pneu Continental

A avaliação de pneus que publicamos aqui é baseada nas avaliações da JD Power, referência internacional no segmento.

São considerados cinco pontos principais para elaborar o ranking, que possui 12 fabricantes de pneus.

  • Satisfação – Clientes avaliam de maneira geral sua experiência com a marca e o quanto estão satisfeitos com o uso do produto.
  • Uso comum de passeio – Nessa avaliação os clientes contam como classificam a marca em uso normal, em boas estradas, trânsito da cidade e sobre o ruído interno no veículo produzido pelo pneu.
  • Estabilidade e segurança em condições adversas – Opinião dos clientes sobre o desempenho dos pneus em situações como: alta velocidade, curvas fechadas, fortes condições climáticas e frenagens de emergência.
  • Desgaste – Avaliação dos clientes sobre o desgaste dos pneus de forma geral, baseado na quantidade de quilômetros rodados e qualidade do piso, além de avaliar se o desgaste ocorre de forma uniforme.
  • Aparência – Opinião dos clientes sobre a aparência geral dos pneus, com base no padrão e da parte lateral que fica exposta.

Pneu Continental é bom?

Para saber se o pneu Continental é bom vamos considerar alguns fatores, primeiramente a avaliação da JD Power baseada na opinião dos consumidores.

ANÚNCIOS

No ranking os pneus Continental conseguiram a 6º colocação na satisfação dos consumidores, deixando para trás fabricantes muito tradicionais como a Bridgestone, o teste avalia as 12 melhores marcas de pneus para carro de passeio.

Notas:

  1. Satisfação: 3 pontos
  2. Uso comum de passeio: 3 pontos
  3. Estabilidade e segurança em condições adversas: 3 pontos
  4. Desgaste: 3 pontos
  5. Aparência: 3 pontos

As notas vão de 1 a 5 pontos a pontuação funciona da seguinte forma:

  • 5 pontos – Entre os melhores
  • 4 pontos – Melhores a maioria
  • 3 pontos – Na média geral
  • 2 pontos – Abaixo da média

No Brasil o pneu Continental tem um bom custo, principalmente se comparado a fabricantes com mais nome no mercado como Pirelli e Michelin (que lideram o ranking).

Nos fóruns do segmento automotivo encontramos boas opiniões, muitos colocam a Continental como uma excelente opção para comprar um pneu com bom custo x benefício.

No site Reclame Aqui a Continental demonstra grande preocupação com o consumidor, como você pode conferir logo abaixo.

Pneu Continental é bom? Avaliação completa!

Avaliação dos pneus Continental no Reclame Aqui

Nos últimos 12 meses a Continental recebeu 298 reclamações no site Reclame Aqui, atendendo a todas elas com tempo médio de resposta de 2 dias e 20 horas.

Conseguiu resolver 78.46% das reclamações e 71.2% dos consumidores voltariam a fazer negócios com a empresa.

Avaliação dos pneus Continental no Reclame Aqui

Site Continental Brasil: https://www.conti.com.br/

Gostou da avaliação? Conseguiu tirar a sua dúvida se o pneu Continental é bom? Escreva seu comentário, deixa uma sugestão ou a sua própria avaliação dos pneus Continental logo abaixo!

Avaliações do artigo - 4.6/5 - (74 votos)

8 comentários em “Pneu Continental é bom? Confira a avaliação atualizada 2020!”

  1. A HRV 2020, infelizmente vem com os pneus Continental, com 4 meses de uso, saiu bolha, e nem a revendedora e nem o representante da Continental, solucionou meu problema, tive que comprar outro pneu e da Continental senão teria que troca os 4 pneus, a análise foi visual e o funcionário disse que o pneu deveria está cortado por dentro, já que ñ mostra danosdentro do pneu só bolhas por fora, para mim ficou o prejuízo a insatisfação e tempo perdido correndo atrás para resolver.

    1. Cuidado com os calibradores dos postos de combustíveis. Muitos não aferidos, ja perdi 2 pneus uma vez, coloquei 30 no display e ele calibrou com 65.. o pneu rompeu internamente e saiu bolhas

  2. Ana lucia ibalde farias

    Comprei uma traker premium 2018 com 23.000km os pneus começarao a esfarelar a concessionaria empurra para a continental e vice versa e ninguem resolve nada.

  3. Minha experiência com a continental foi péssima. Tinha os originais bridgestone no honda city e andei mais de 50 mil km com eles. Troquei por 4 pneus Continental Powercontact 2 e em menos de 10 mil km um rasgou e outro fez bolha. Reclamei na ouvidoria da empresa pelo site, que é terrível em usabilidade, a gente fica 1h pra preencher todos os campos. A marca disse que era pancada e não defeito de fabricação. Foi frustrante. Custaram muito caro e não duraram nada.

  4. Já tive problemas como bolhas e furo. No caso do furo o modelo era o que continha o ‘ selo anti-furo ‘, chamado ” contiseal”, com requisitos nos quais se enquadrava o caso do meu pneu, considerando diâmetro etc. Porém, assim como no caso das bolhas, a fabricante Continental não atendeu e nem respeitou o direito do consumidor, demonstrando descaso. Tive problema de bolha com a Pirelli duas vezes, e em ambos os casos recebi os pneus em garantia. A Michelin nunca me deu problema. Então essas últimas citadas são minhas melhores referências: Michelin e Pirelli.

  5. Usei pneus Continental no meu Passat (original de fábrica – zero km). Dois deles deram bolha lateral, e um deles furou. O furo estava dentro dos limites definidos no manual (eram Contiseal, com o gel que cobre furos até determinado diâmetro, evitando esvaziamento), mas não funcionou e perdi o pneu. Em nenhum dos três casos a fabricante respeitou os direitos do cliente. Não confio na qualidade e nem no atendimento. Um quesito deve estar ‘ casado ‘ com o outro, principalmente em se tratando de Brasil.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *