Pular para o conteúdo

Refinanciamento de veículos: Entenda como funciona e aprenda como fazer

Entenda na prática como funciona o refinanciamento de veículos e o que você precisa fazer para refinanciar o seu. Acompanhe o guia completo!

A grande maioria das pessoas possuem muitas dúvidas sobre como refinanciar um veículo. No entanto, o processo pode muito mais simples do que o seu próprio nome faz parecer.

Para quem deseja ter um automóvel próprio, o ideal é seguir um passo a passo e ficar atento ao tipo de documentação que precisará ser apresentada no processo de refinanciamento.

Saber como o refinanciamento de veículos funciona pode ser uma grande vantagem para os proprietários, principalmente para aqueles que desejam realizar um empréstimo saudável, pagando taxas de juros mais baixas. 

Acompanhe no nosso guia as principais características desse processo e saiba como refinanciar o seu veículo em 2022, sem dores de cabeça. Aproveite!

Leia também:

Como funciona o refinanciamento de veículos

O refinanciamento nada mais é do que uma espécie de modalidade de crédito. Por meio dela, é possível colocar um veículo como prova de que o valor solicitado será quitado.

Dessa forma, o refinanciamento age como um empréstimo com garantia, oferecendo ao solicitante juros bem menores do que o previsto.

Isso quer dizer que o bem será uma garantia para que o solicitante consiga uma determinada quantidade de dinheiro.

Por sua simplicidade, e também segurança, o refinanciamento de veículos acaba sendo visto como uma das possibilidades de solicitação de crédito mais saudáveis no mercado e com valores bem abaixo dos oferecidos pelos bancos.

Há outra vantagem dentro desse processo, não será preciso deixar o carro parado em algum lugar após colocá-lo como garantia. 

Sendo assim, é possível manter o veículo com utilidade no dia a dia, seja para trabalhar, ir à faculdade ou fazer outra coisa que exija a locomoção.

Processo com taxas baixas

Assim como mencionado anteriormente, o refinanciamento de veículos é uma modalidade de crédito que cobra taxas mais baixas.

Essas taxas são uma forma de compensar o risco que uma instituição sofre ao emprestar dinheiro. Dessa maneira, o banco ou instituição acionado poderá ter uma maior garantia a longo prazo.

Como refinanciar um veículo?

Agora está na hora de saber como refinanciar um veículo. O processo pode ser bem mais simples do que o esperado.

Confira, abaixo, quais são as principais regras para que a modalidade de crédito seja acionada.

Quando o veículo continua em nome de um proprietário

Quando o refinanciamento de veículo é acionado, o carro de quem fez a solicitação irá ficar alienado para uma instituição financeira responsável pelo empréstimo do dinheiro.

O veículo ficará nessas condições por um período previamente determinado em contrato. Após esse período, e com o valor quitado, a alienação deixa de existir.

No final, o que importa é saber que, mesmo com a alienação, todos os documentos se mantêm no nome do proprietário. O bem poderá ser utilizado comumente no dia a dia, ainda que ele esteja como garantia de uma instituição de crédito.

Quando o crédito vai depender do valor de mercado do veículo

Quanto menos tempo o veículo tiver, maior será o valor que poderá ser tomado de empréstimo.

Isso acontece porque o bem que está sendo colocado como garantia é bem mais valioso do que um carro que já está na estrada há muitos anos.

O valor máximo que poderá ser tomado no empréstimo poderá variar de acordo com a instituição consultada.

No entanto, é possível observar casos nos quais o refinanciamento varia entre 90% e 100% do valor total do automóvel, que segue a Tabela Fipe.

Quando o veículo ainda não ultrapassou os 10 anos de fabricação

Aqueles veículos que já possuem uma certa idade, mas que ainda não ultrapassaram os 10 anos desde a sua fabricação, poderão ser usados como garantia nas instituições financeiras, mesmo que o valor seja um pouco mais baixo graças às tabelas anteriormente mencionadas.

Os carros mais antigos, em sua maioria, acabam não sendo a melhor opção para colocar como garantia de um empréstimo. 

Ainda assim, é muito comum que algumas instituições aceitem carros com até 15 anos. Para saber mais sobre isso, será preciso entrar em contato e consultar o regulamento de cada empresa.

Quando é necessário pedir mais tempo

É válido lembrar que o prazo máximo para a quitação de um refinanciamento de veículo pode variar de acordo com cada uma das instituições financeiras. 

No entanto, a grande maioria oferece condições de pagamento que se estendem a 60 meses, oferecendo uma maior liberdade ao solicitante.

Como solicitar o refinanciamento de um veículo

Para poder solicitar esta modalidade de crédito, é preciso fazer uma consulta das principais instituições financeiras que aceitam esse tipo de condição. 

Com a lista em mãos, entrar em contato também será necessário para entender quais documentos serão exigidos na hora de solicitar o empréstimo.

Além disso, outras informações sobre quanto tempo o veículo pode ter, qual o valor será emprestado e qual o prazo máximo para o pagamento do empréstimo também serão consultadas, especificamente, com a empresa responsável. 

No entanto, uma coisa é certa: os juros são mais baixos que os de outras modalidades.

Condições de pagamento

A condição de pagamento é outro fator que pode apresentar variação. Isso quer dizer que apenas as instituições financeiras poderão oferecer esse tipo de informação. 

Ainda assim, é importante levar esse tipo de detalhe em consideração na hora de escolher a melhor instituição para o empréstimo.

É muito comum que muitas empresas ofereçam carência de cerca de 60 dias para que o pagamento da primeira parcela seja realizado. Isso também poderá ser uma grande ajuda no momento de escolher a instituição mais vantajosa e com as melhores condições de mercado.

A antecipação de parcelas também poderá ser uma possibilidade a se levar em consideração. 

Em muitos casos, o refinanciamento de veículos pode ser visto como um Crédito Direto ao Consumidor. Ao realizar essa solicitação, há grandes chances de conseguir um desconto nos juros, quitando rapidamente o empréstimo solicitado.

Veículos em financiamento podem ser usados como garantia?

Sim, é possível que os veículos que ainda estão sendo financiados sejam utilizados como garantia para essa modalidade de empréstimo. 

Ainda que os documentos estejam no nome de um motorista, que paga por aquelas parcelas do financiamento, o veículo só será sua posse, de fato, após a finalização do pagamento do valor total.

Quando alguém faz um empréstimo utilizando um veículo alienado como garantia, isso significa que um refinanciamento da dívida foi colocado em prática. 

Em casos assim, uma parte do empréstimo novo irá servir para o pagamento da dívida do veículo adquirido e a outra parte será destinada ao proprietário.

Saber como refinanciar um veículo é extremamente simples. No entanto, é importante procurar por uma empresa séria, com boas condições de pagamento e que apresente juros baixos.

Após reunir todas essas informações, basta solicitar o valor necessário e colocar o seu veículo como garantia!

Avaliações do artigo - 5/5 - (1 votos)

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *